jun 18 2009

Hotéis abandonados de Niterói

Hotel Gragoatá

O hotel Mercure Niterói Orizzonte, no Gragoatá, registrou 94% de ocupação no mês de maio de 2009 e diária média de R$ 275,86.

Para quem não está ligando “o nome à pessoa”, o Mercure foi restaurado onde antes havia o esqueleto de um hotel em forma de “pirâmide”.

Construído na década de 70, o Hotel Praia Grande foi uma tentativa de desenvolver o turismo em Niterói. Para mantê-lo funcionando, o Governo do Estado do Rio de Janeiro, dono do local, chegou à arrendá-lo duas vezes a diferentes empresas hoteleiras. Mas as tentativas falharam e o hotel ficou desativado e abandonado por um bom tempo.

Parece que agora finalmente deu certo. Restaurado e reinaugurado em março de 2008, o Mercure vem obtendo grande sucesso.

Hotel Parque da Cidade

O que me faz lembrar de outra construção: o hotel abandonado que fica no morro do Parque da Cidade, também conhecido como “colméia de abelhas mutantes”, “hotel de traficantes” e outros nomes pouco lisonjeiros. Fiz uma boa pesquisa, mas não encontrei informações sobre o local. Alguém sabe, como diriam os Trapalhões, o que foi ou é ou dá pra ser?

A foto que ilustra este post é de Patrícia Figueira.

Link permanente para este artigo: http://nitsites.com.br/blog/hoteis-abandonados-de-niteroi/

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.